Farmácia Maxifarma

6 tendências tecnológicas na área de saúde

Veja como as tendências tecnológicas na área de saúde ajudam a preservar a sua qualidade de vida.

19 de setembro de 2018 - Maxifarma

“Eles não têm mais o que inventar”, dizem nossas queridas avós diante das novidades da tecnologia. Embora muitos de nós se surpreendam – e até questionem – esse avanços, os novos recursos e tendências tecnológicas na área de saúde representam maior qualidade de vida, aceleram o diagnóstico e até diminuem as taxas de mortalidade em diversos casos.

Conheça algumas das aplicações da tecnologia na medicina e como elas podem fazer a diferença na sua saúde:

1. Smartwatches

Seu celular provavelmente tem um aplicativo que monitora automaticamente o número de passos e a distância que você percorreu no dia. Porém, a tecnologia nos permite ir muito além disso com o uso dos smartwatches, os relógios inteligentes que registram diversos outros indicadores da nossa saúde.

Ao carregá-lo no pulso, esse acessório é capaz de monitorar dados como a variação da pressão arterial ao longo do dia e a frequência cardíaca. E o melhor de tudo: se o smartwatch detectar alguma alteração indicativa de perigo, ele pode alertar seu médico ou um membro da família.

Além disso, existem relógios inteligentes pensados especialmente para os idosos, que contam com rastreamento GPS e sensor de queda, podendo ser acompanhados a distância pelo familiar responsável.

2. Atendimento médico a distância

Pessoas que moram em cidades distantes dos grandes centros muitas vezes não têm acesso a especialistas ou precisam se deslocar por longas distâncias caso precisem de uma consulta. Hoje, porém, com o avanço dos dispositivos eletrônicos focados na comunicação, essa é uma realidade que já experimenta mudanças.

Atendimentos de baixa complexidade, consultas de retorno e outras situações que não demandam um exame físico podem ser feitas a distância com o uso de smartphones com acesso à internet.

Em função disso, os pacientes podem ser atendidos mais rapidamente e sem precisar se deslocar, reservando consultas presenciais para situações mais complexas, o que economiza tempo e recursos financeiros e representa um ganho na qualidade de vida.

3. Laudos a distância

Outra tendência tecnológica na área de saúde é a telerradiologia, que amplia as possibilidades e complementa os atendimentos a distância ao oferecer laudos online para exames de imagem.

Por meio da internet, as imagens obtidas em exames como radiografia, mamografia, tomografia e ressonância magnética, entre outros, são enviadas até uma central para ser analisadas por uma equipe de radiologistas.

Vários serviços de telerradiologia trabalham em esquema de plantão 24 horas e são capazes de emitir laudos em até 30 minutos em situações de emergência, como suspeitas de acidente vascular cerebral, trombose e fraturas. Dessa forma, o diagnóstico acontece de forma muito mais rápida, o que representa maiores chances de salvar vidas.

4. Prontuários eletrônicos

Dados pessoais do paciente, procedimentos realizados, tratamentos medicamentos, evolução das terapias e histórico médico desde antes do atendimento: essas são algumas das possibilidades do prontuário eletrônico, um recurso digital que permite centralizar uma infinidade de informações sobre o paciente.

Armazenado eletronicamente, o prontuário pode ser acessado a partir de diversos dispositivos eletrônicos, como computadores, tablets e celulares. Ao mesmo tempo, ele é protegido com o uso de senhas e criptografia, impedindo que outras pessoas tenham acesso a dados sensíveis dos pacientes.

Essa tendência tecnológica é útil tanto para os médicos, que podem consultar com facilidade todos os registros relevantes sobre o paciente, quanto para o próprio paciente, pois ele terá um registro completo e preciso sobre seu histórico de saúde, o que contribui para uma assistência de âmbito global.

5. Impressoras 3D

As impressoras 3D usam plásticos ou resinas no lugar da tinta. Ao depositar várias camadas do material umas sobre as outras, elas conseguem criar objetos dos mais diversos formatos, complementando esse processo com recursos como moldagem por injeção e fundição a vácuo.

Entre as diversas áreas da saúde em que essa tecnologia pode atuar, ela representa um avanço revolucionário na ortopedia, com a possibilidade de imprimir próteses dos mais diversos tipos, braços robóticos e peças que substituem ossos em implantes – e tudo projetado para se adaptar a cada paciente.

Além disso, os pesquisadores estudam agora como utilizar as impressoras 3D para desenvolver outros tipos de tecido, que podem variar desde um conjunto de células específico, como as células embrionárias, até órgãos internos totalmente funcionais e saudáveis, uma esperança para milhares de pacientes que aguardam um transplante.

6. Farmacogenômica

Já aconteceu de um medicamento funcionar perfeitamente para você e não fazer efeito para outra pessoa que estava com o mesmo problema de saúde ou causar efeitos colaterais bastante graves?

Isso pode acontecer por diversos motivos, mas uma das novidades tecnológicas na área de saúde oferece meios de evitar essa situação. Trata-se da farmacogênica, a ciência que estuda as variações genéticas de cada paciente para entender como seu organismo vai reagir a um determinado medicamento.

Dessa forma, o médico tem um recurso muito mais preciso para escolher o melhor tratamento, evitando os efeitos adversos e as trocas de medicamento por tentativa e erro.

As tendências tecnológicas na área de saúde representam novas possibilidades de cura e prevenção de doenças, contribuindo muito para o aumento de nossa qualidade de vida. Torçamos para que essas novidades estejam disponíveis em breve para todos!

Fonte(s): MediLab e Totus