Farmácia Maxifarma

Qual a hora certa de fazer o teste de gravidez de farmácia?

Você acha que pode estar grávida? Confira nossas dicas para saber qual a hora certa de fazer o teste de gravidez e não ter um resultado equivocado

07 de fevereiro de 2018 - Maxifarma

Independente de desejar ter um filho ou não, muitas mulheres, ao notar algum sinal de que podem estar grávidas, se perguntam qual a hora certa de fazer o teste de gravidez de farmácia, uma das opções mais econômicas e confiáveis para sanar essa dúvida.

Contudo, muitas vezes em virtude do desconhecimento ou da confusão gerada pelas infinitas informações disponíveis na internet, algumas mulheres acabam realizando o teste de maneira incorreta, o que prejudica a confiabilidade do resultado. Além disso, mulheres que querem muito engravidar podem ficar ansiosas e fazer o teste antes da hora, quando ainda não é possível detectar uma gestação.

Quando o teste é feito muito precocemente, seu resultado pode ser um “falso negativo”. Nesse caso, as mulheres que desejam engravidar ficam muito decepcionadas, enquanto as outras podem passar semanas ou meses sem saber que estão esperando um bebê.

Para tentar minimizar esses problemas, preparamos um artigo com todas as informações necessárias sobre quanto tempo depois da relação sexual você deve esperar para fazer um teste de gravidez de farmácia.

Quando a gravidez realmente ocorre?

O primeiro passo para saber qual a hora certa de fazer o teste de gravidez é entender quando ela realmente ocorre. Vamos utilizar o exemplo de uma mulher que tem um ciclo menstrual regular de 28 dias.

Para que haja a concepção, a relação sexual precisa ter acontecido durante aquela fase de aproximadamente sete dias na qual ocorre a ovulação (período fértil), sendo que a data mais propícia para uma gestação é cerca de 14 dias antes do início previsto da próxima menstruação.

Em seguida, caso haja a fecundação do óvulo pelo espermatozoide, é necessário esperar até 15 dias para que ele chegue ao útero e consiga se fixar, em um processo chamado nidação. É somente a partir desse momento que o organismo produz o hormônio hCG, que é detectado pelo teste de farmácia.

Assim, quando se fala em qual a hora certa de fazer o teste de gravidez, é necessário esperar pelo menos 15 depois da fecundação (dia da relação sexual) para que o hCG seja produzido em quantidade suficiente para gerar um resultado positivo. Caso você não saiba a data exata da fecundação, recomenda-se fazer o teste a partir do primeiro dia de atraso menstrual.

Como fazer o teste de gravidez de farmácia

Os testes de gravidez de farmácia de diferentes marcas obedecem a regras bem parecidas, com pequenas variações. Portanto, aqui está um passo a passo que ilustra de maneira genérica como a maioria deles funciona:

- Colete a urina, de preferência a primeira do dia (pois os hormônios estarão mais concentrados), num recipiente limpo;

- Mergulhe a fita do teste de gravidez no recipiente com a urina durante alguns segundos, de forma que ela fique bem úmida;

- Retire a fita do recipiente e deixe-a repousar numa bancada limpa e seca por cerca de 1 minuto;

- Observe o resultado.

De maneira geral, os testes possuem duas janelas, uma para informar se a quantidade de urina foi suficiente (janela de controle) e outra para informar o resultado em si (janela de resultado). Ao final do tempo estipulado, os seguintes resultados podem aparecer:

- 1 risco na janela de controle e janela de resultado em branco: teste de gravidez negativo;

- 1 risco na janela de controle e 1 risco na janela de resultado: teste de gravidez positivo.

Os testes, bem como o tempo de espera, variam de fabricante para fabricante, por isso você sempre deve ler a bula antes de iniciar o processo. Além disso, saiba que os riscos podem sumir depois de alguns minutos, mas isso não significa que o resultado visto a princípio deve ser interpretado de outra forma.

É importante destacar que as marcas mais sensíveis conseguem detectar uma gestação a partir do primeiro dia de atraso menstrual em 97% das mulheres, embora existam marcas com sensibilidade bem menor. Por isso, mesmo tendo um resultado negativo, recomenda-se repetir o exame com cinco dias de atraso para se certificar ou fazer um exame de sangue.

Os testes de gravidez de farmácia são confiáveis?

Apesar de serem baratos e relativamente simples, os testes de gravidez de farmácia são sim um método confiável, desde que sejam realizados da maneira correta.

Esses dispositivos operam detectando a presença do hormônio hCG (gonadotrofina coriônica humana) na urina. Parte desse hormônio é filtrada pelos nossos rins e eliminada por meio da urina – e é assim que os testes de farmácia conseguem detectar se há ou não alguma concentração do hCG em nosso corpo.

Porém, esse hormônio, conforme explicamos brevemente acima, só é estará presente em uma quantidade detectável cerca de 2 a 4 dias depois da fixação do embrião, quando a placenta começa a se formar. Por isso, ao fazer o teste antes da hora mesmo estando grávida, não haverá hCG suficiente para ser detectado, gerando um resultado falso negativo.

Exame de sangue para gravidez

Para que uma mulher seja efetivamente considerada grávida, ela deve apresentar uma quantidade superior a 25 mUI/mL de beta-hCG no sangue. Dessa forma, uma desvantagem do teste da farmácia é que ele apenas é qualitativo, ou seja, informa somente se o hormônio existe ou não em nosso corpo.

Assim, diante da possibilidade de estar grávida, o exame de sangue quantitativo é a melhor forma de confirmar a gravidez em definitivo. Além disso, conhecer a quantidade de hormônio pode ser útil na avaliação médica.

Se seu teste de farmácia deu positivo, você pode ter quase 100% de certeza de que está grávida. Na dúvida, porém, você pode recorrer ao exame de sangue. Saber qual a hora certa de fazer o teste de gravidez e como interpretar seus resultados é essencial para não se decepcionar com um falso negativo ou acabar tendo um grande susto algum tempo depois.

Fonte(s): Tua saúde e Tentantes