Farmácia Maxifarma

Estilo não tem idade: 4 perfis de mulheres sensacionais no Instagram

Em meio à supervalorização da juventude feminina, o Dia Internacional da Mulher é uma oportunidade para descobrir o estilo e beleza das mulheres mais velhas

28 de março de 2019 - Maxifarma

O Dia Internacional da Mulher, atualmente comemorado em 8 de março, é uma ocasião para relembrarmos a luta das mulheres pela igualdade entre os gêneros.

Com suas raízes nos movimentos operários dos Estados Unidos e da Europa na passagem do século 19 para o 20, essa data está fortemente associada à conquista de direitos, em especial o direito ao voto e a melhores condições de trabalho.

Embora muito se tenha caminhado desde então, ainda há um longo percurso pela frente. Entre as pautas femininas de hoje, podemos citar, por exemplo, a supervalorização da juventude da mulher.

Enquanto os homens podem exibir os sinais do avanço da idade sem julgamentos – tanto que as marcas de expressão e os cabelos brancos são vistos como símbolo de maturidade e sabedoria –, as mulheres não estão “autorizadas” a envelhecer.

Quando são elas que permitem que o corpo revele a passagem do tempo, essa atitude muitas vezes é vista como falta de cuidado com a aparência e a saúde – e isso não corresponde à realidade!

Por isso, hoje nós selecionamos estas quatro mulheres que fazem sucesso no Instagram e mostram que ser estilosa, criar suas próprias tendências e lançar moda não depende da idade. Confira:

1. Linda Rodin

Instagram: https://www.instagram.com/lindaandwinks/

Aos 71 anos, Linda Rodin é apaixonada por óculos chamativos, peças feitas de jeans e cachorros – em especial seu cãozinho Winks, com quem ela forma uma dupla superfotogênica. Além de modelo, a norte-americana já desenhou vestidos para artistas como Madonna e Halle Berry e ainda fundou uma marca de produtos de cuidados com a pele, a Rodin, aos 59 anos.

Em relação à sua rotina de beleza, Linda opta pela naturalidade: além de não tingir os cabelos, ela usa apenas batom, máscara para cílios e algumas gotinhas de óleo para hidratar a pele todas as manhãs.

Por fim, a modelo já revelou que adora visitar brechós para encontrar boas pechinchas de roupas e acessórios, provando que ter estilo também não significa desembolsar uma fortuna em uma peça.

2. Yazemeenah Rossi

Instagram: https://www.instagram.com/yazemeenah/

Esta modelo de 64 anos que tem dois netos, longos cabelos brancos e um corpo super em forma não têm receio de publicar fotos usando roupas de banho ou até mesmo mais reveladoras.

Nascida na França, Yazemeenah Rossi iniciou a carreira de modelo aos 30 anos e foi uma das primeiras a ser fotografada com cabelos grisalhos. Ela chegou a ser procurada por uma empresa de cosméticos para tingir as madeixas e se tornar o rosto da marca em troca de uma volumosa quantia, mas recusou a oferta.

Apaixonada por peças leves e esvoaçantes, Yazemeenah já revelou que a genética não é a única responsável por tanta beleza e vitalidade: além de praticar ioga há três décadas, ela segue um estilo de vida saudável, cultiva sua espiritualidade e está sempre em sintonia com a natureza.

3. Helen van Winkle (Baddie Winkle)

Instagram: https://www.instagram.com/baddiewinkle/

Se você já ouviu dizer que determinada estampa é “muito senhora”, saiba que isso não se aplica a Baddie Winkle, uma instagrammer de 90 anos e mais de 3,8 milhões de seguidores.

No perfil criado por sugestão de sua bisneta, Baddie começou a chamar atenção ao publicar looks coloridíssimos e alegres como forma de lidar com o luto pela morte do marido. Em pouco tempo, ela passou a receber convites para participar de programas de TV e se tornou uma inspiração até mesmo para artistas como Rihanna e Miley Cyrus.

Hoje em dia, Baddie continua publicando fotos nas quais aparece vestindo roupas em tons vibrantes, mas ela não se priva de experimentar todo e qualquer estilo, do mais sofisticado até o mais legítimo rock’n’roll.

4. Tziporah Salamon

Instagram: https://www.instagram.com/tziporahsalamon/

Filha de pai alfaiate e mãe costureira sobreviventes do Holocausto, Tziporah Salamon nasceu em Israel e, aos nove anos, se mudou para Nova York, onde desenvolveu ainda mais o senso de estilo herdado de seus pais.

Aos 69 anos, Tziporah é modelo, escritora e consultora de estilo, além de ser uma grande colecionadora de peças vintage. Ela mantém um acervo com mais de 200 chapéus e “infinitos” sapatos, acessórios e peças de roupas das mais variadas épocas, incluindo a década de 1860 no Japão, o início do século 20 na China, a Art Déco das décadas de 1920 e 1930 e o pós-guerra nos Estados Unidos.

E essas peças não são apenas objetos de exposição: Tziporah faz questão de utilizá-las, mesmo que demore muito tempo até que ela consiga montar o look ideal – ela conta que chegou a guardar uma jaqueta por 20 anos até encontrar a combinação perfeita.

Além de realmente usar suas peças vintage no dia a dia, Tziporah as leva como material de estudo em suas aulas, nas quais ela incentiva mulheres a experimentar novos estilos e a sair de sua zona conforto para descobrir formas únicas de se vestir.

E é exatamente isto que podemos aprender com estas fashionistas: a inspiração para encontrar nosso próprio estilo e a coragem para sermos nós mesmas, independentemente da idade.

Afinal, o Dia Internacional da Mulher se trata justamente de reforçar as ferramentas para que sejamos reconhecidas e valorizadas por nossas opiniões, inteligência, força de trabalho e personalidade em todas as fases da nossa vida.

Fonte(s): El País BrasilChata de GalochaO Globo, 1st DibsCollectors Weekly e Who What Wear