Farmácia Maxifarma

Como passar protetor solar corretamente

Saber como passar protetor solar de forma adequada ajuda você a evitar queimaduras, envelhecimento precoce e até mesmo o câncer de pele.

05 de fevereiro de 2018 - Maxifarma

Você costuma passar filtro solar sempre que vai à praia ou à piscina? Parabéns! Essa é uma medida fundamental para evitar queimaduras e você deve continuar seguindo esse hábito. Contudo, esse cuidado não é suficiente para evitar doenças graves como o câncer de pele, por isso você precisa conhecer todas as dicas sobre como passar protetor solar corretamente.

De acordo com os dados da Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o Brasil é responsável por 23% de todo o consumo de protetor solar no mundo. Essa seria uma boa notícia, mas infelizmente a maioria das pessoas não está fazendo o uso mais correto desse produto.

Além de reservar o protetor solar apenas para as idas à praia, muitas pessoas utilizam filtros com FPS abaixo do recomendado ou em quantidades menores do que a necessária, não reaplicam o produto com a devida frequência e se esquecem de algumas áreas do corpo.

Conheça nossas dicas para saber como passar protetor solar de forma adequada e evite esses erros que podem ser muito prejudiciais:

Use protetor solar diariamente

É claro que você deve utilizar o protetor para se expor ao sol na praia ou na piscina, mas ele também é necessário quando passamos o dia todo em lugares fechados ou mesmo quando o tempo está nublado ou chovendo.

Isso acontece porque cerca de 85% da radiação ultravioleta consegue atravessar as nuvens e as janelas. Embora a radiação UVB (responsável pela vermelhidão e pelas queimaduras) seja mais acentuada no verão das 10h às 16h, a radiação UVA varia muito pouco durante o dia, e é justamente ela que causa o envelhecimento cutâneo e o câncer de pele.

Assim, quando reservamos o protetor solar apenas para as ocasiões em que vamos nos expor ao sol, estamos correndo um risco mais acentuado de desenvolver rugas e manchas precocemente ou mesmo uma doença que pode ser bastante grave.

Escolha o FPS adequado para a sua pele

Aquele número indicado na embalagem do protetor, conhecido como fator de proteção solar ou FPS, significa quanto tempo a mais a pele fica protegida. Por exemplo, se a sua pele leva 5 minutos para começar a ficar vermelha quando você se expõe ao sol, um FPS 30 significa que ela estará protegida por 150 minutos (30 vezes 5).

A escolha do FPS correto depende da cor da pele de cada pessoa. Peles negras precisam de protetores com FPS 15 ou 20, enquanto peles moreno-claras devem utilizar FPS 30. Para quem tem a pele muito clara ou já teve um câncer de pele, o ideal é utilizar protetor solar com FPS 60.

Passe o filtro solar corretamente

Aplicar o filtro sem prestar atenção a algumas orientações não vai garantir toda a proteção necessária à sua pele, por isso é preciso se atentar às dicas de como passar protetor solar da forma mais recomendada.

A primeira aplicação do dia deve ser feita com a pele limpa e seca, pelo menos 15 minutos antes da exposição ao sol e sem roupas. É muito comum que as roupas de banho saiam um pouco do lugar durante um dia de praia ou piscina, e isso pode acabar causando queimaduras em áreas que não receberam o protetor.

Para evitar remover o produto antes da hora, aplique o filtro e aguarde que ele esteja completamente seco na pele antes de se vestir.

Além disso, os movimentos ideais para aplicar o protetor solar variam conforme a textura do produto. Para filtros em forma de creme, você deve fazer movimentos circulares com as mãos. Os protetores em gel, por sua vez, devem ser aplicados em um sentido único, pois eles podem esfarelar quando fazemos círculos, deixando a pele menos protegida. No caso dos protetores em spray, a regra é borrifar em grandes quantidades e não espalhar com as mãos, pois isso prejudica a cobertura.

Não se esqueça de nenhuma área do corpo

Algumas áreas do corpo costumam ser esquecidas na hora de passar o protetor, e isso pode gerar queimaduras e até mesmo câncer de pele. Nas pessoas idosas, que têm a pele mais sensível, é comum o surgimento de feridas nas orelhas pela falta do filtro solar.

Por isso, lembre-se de passar muito bem o protetor nessa parte do corpo e também na nuca, nos pés, nas mãos e no decote da camiseta.

Não economize no protetor solar

A proteção oferecida pelo filtro solar está relacionada à quantidade de produto que você utiliza. Quando você for à praia ou à piscina, recomenda-se utilizar as seguintes quantidades:

  • Rosto e pescoço: uma colher de chá;
  • Tronco: uma colher de chá para a parte da frente e uma colher de chá para a parte de trás;
  • Braços: uma colher de chá para cada um;
  • Pernas: uma colher de sopa para a parte da frente e uma colher de sopa para a parte de trás de cada uma delas.

No dia a dia, rosto e pescoço devem sempre ser protegidos, enquanto os braços e pernas devem receber o protetor quando você deixá-los expostos.

Reaplique o protetor solar com frequência

Quando você estiver exposto ao sol, o protetor deve ser reaplicado a cada duas horas. Depois de mergulhar ou transpirar em excesso, o recomendado é secar a pele com uma toalha e reaplicar o filtro o mais rápido possível.

No dia a dia, uma das dicas de como passar protetor solar corretamente é reaplicar o produto a cada três horas.

Lembre-se que a proteção contra a radiação solar é necessária não apenas para evitar queimaduras, mas também para retardar o envelhecimento cutâneo precoce e nos proteger contra o câncer de pele, o tumor mais frequente na população.

Fonte(s): Minha Vida, O Globo e G1