Farmácia Maxifarma

Como hidratar as unhas para mantê-las saudáveis

Comer os alimentos corretos, abandonar a acetona e saber como hidratar as unhas corretamente são alguns dos principais cuidados com essa parte do corpo

06 de fevereiro de 2018 - Maxifarma

A maior parte das mulheres tem uma verdadeira paixão por cores de esmaltes e tendências de nail art. Porém, para que esses adereços fiquem realmente bonitos, é necessário seguir alguns cuidados, e um dos mais importantes é saber como hidratar as unhas da forma correta.

É comum prestarmos muita atenção à hidratação da pele e do cabelo, pois os sinais do ressecamento aparecem rapidamente nessas partes do corpo.

As unhas, porém, podem demorar um pouco mais para ficar com a aparência ressecada e acabam ficando meio de lado – o problema é que, se você deixar chegar a esse ponto, a recuperação também será mais lenta.

Descubra quais são os fatores que podem causar o ressecamento e saiba como hidratar as unhas de forma eficiente na sua casa, deixando-as muito mais saudáveis, fortes e bonitas.

Por que as unhas ficam ressecadas? 

A unha é uma estrutura composta principalmente por camadas de queratina, uma proteína que oferece uma barreira contra os micro-organismos e é impermeável à água, protegendo as células que se localizam logo abaixo dela.

Para que essa proteção funcione, é necessário que as camadas de queratina estejam bem alinhadas, ligadas entre si por pontes formadas por elementos químicos. O problema é que essas pontes podem se romper em algumas ocasiões, deixando as unhas mais quebradiças e ressecadas.

Cuidados para manter as unhas saudáveis

Para evitar o rompimento entre as camadas de queratina, é necessário conhecer os fatores que causam o ressecamento e também as melhores formas de como hidratar as unhas. Confira as dicas mais importantes:

1. Beba água o suficiente

A hidratação das unhas começa de dentro para fora. Se você não estiver tomando água o suficiente, suas unhas vão refletir a desidratação de todo o seu organismo. Por isso, siga à risca a recomendação de beber pelo menos 2 litros de água por dia.

2. Invista nos alimentos corretos

Se as suas unhas estão quebradiças e sem vida, reforce a ingestão de alimentos que forneçam os nutrientes necessários para formação e a manutenção dessas estruturas:

  • Vitamina C: laranja, pimentão-amarelo, mamão, morango;
  • Vitamina E: vegetais com folhas verde-escuras, nozes, sementes;
  • Vitaminas do complexo B: salmão, sardinha, ovos, grãos integrais;
  • Zinco: carne de gado, peru, sementes de abóbora, amêndoas.

A saúde das unhas depende da ingestão adequada de vitaminas e minerais, refletindo a saúde do seu organismo como um todo. Por isso, sem uma alimentação adequada, é muito difícil mantê-las fortes e bonitas.

3. Utilize o hidratante correto

Não basta apenas aplicar um creme qualquer; é preciso saber como hidratar as unhas da forma mais eficiente. Para isso, você pode utilizar um hidratante próprio para peles secas, massageando as unhas e a região ao redor delas pelo menos três vezes por semana.

Para potencializar a hidratação, coloque luvas de silicone nas mãos depois de aplicar o hidratante e deixe o creme agir por pelo menos 15 minutos.

4. Aposte nos óleos vegetais

Se os hidratantes não estão dando conta de melhorar o aspecto ressecado das suas unhas, experimente utilizar um óleo vegetal, como o óleo de coco, semente de uva, jojoba ou amêndoas.

Todos eles possuem propriedades nutritivas e hidratantes, muito benéficas para as unhas. O truque da luva silicone para potencializar a ação do hidratante também vale para o óleo.

Dica de ouro: procure remover o esmalte um ou dois dias antes de ir à manicure novamente e aproveite esse tempo para aplicar o óleo ou o hidratante. Sem o esmalte, o efeito desses produtos será ainda mais poderoso.

5. Cuidados com as cutículas

Uma dica importantíssima quando falamos em como hidratar as unhas é não se esquecer das cutículas. Sabemos que, entre as brasileiras, existe uma tendência muito forte a retirar totalmente essa pelezinha, mas esse hábito oferece alguns riscos.

As cutículas são uma barreira que protegem a base da unha contra fungos e bactérias, por isso elas não deveriam ter removidas. Porém, para que elas não arrebentem e fiquem com pontas arrepiadas, algo que a maior parte das mulheres não gosta, é necessário hidratá-las.

Existem produtos específicos para as cutículas, com propriedades hidratantes e emolientes. Ao utilizá-los três vezes por dia por algumas semanas, você vai observar que elas ficam mais maleáveis e fininhas, e a necessidade de tirar toda a pelezinha não vai mais ser tão grande.

6. Dê preferência a esmaltes antialérgicos

Nossas unhas são formadas por células mortas, por isso elas não precisam ficar sem esmalte para “respirar”. Apesar disso, os esmaltes comuns realmente podem causar irritações, deixando as unhas mais fracas e com maior tendência ao ressecamento.

Por isso, é uma boa ideia dar preferência a esmaltes antialérgicos, como os 3-free. Esses esmaltes não têm tolueno, DPB e formaldeído, três componentes com grande potencial de causar alergias e irritações, e assim você pode pintar suas unhas sem prejudicá-las.

7. Prefira removedores de esmalte sem acetona

Não podemos negar que a acetona é muito eficiente para retirar o esmalte, mas infelizmente ela também favorece o ressecamento das unhas, deixando-as mais fracas e quebradiças com o tempo. Por isso, é importante utilizar preferencialmente os removedores sem acetona, que são vendidos em forma de líquido, lencinhos e esponjas umedecidas.

Aliás, uma dica de como hidratar as unhas enquanto você tira o esmalte é escolher removedores que contêm óleo em sua fórmula, que evitam ainda mais o ressecamento.

8. Utilize luvas na hora de mexer com produtos de limpeza

Produtos de limpeza como desengordurantes, água sanitária, limpa-vidros e detergentes podem ter efeito abrasivo na pele e nas unhas, deixando-as esbranquiçadas e ressecadas.

Para evitar esse efeito, utilize luvas de borracha sempre que precisar entrar em contato com esses produtos. Caso as luvas de limpeza façam você perder a sensibilidade ao lavar a louça, você pode utilizar luvas de procedimento, que são bem mais finas.

Já fiz de tudo e minhas unhas continuam ressecadas. E agora?

Você está se alimentando de forma saudável, tomando bastante água, hidratando as unhas e as cutículas e mesmo assim elas continuam fracas, quebradiças e esbranquiçadas? Então está na hora de buscar ajuda profissional.

Se você já seguiu todas as dicas de como hidratar as unhas e nada funcionou, é recomendável consultar um médico dermatologista. Este profissional poderá identificar se existe alguma deficiência nutricional ou infecção, sugerindo o tratamento mais adequado para esse problema.

Fonte(s): Vivo mais SaudávelBoa Forma, Mulher digital e Beleza e saúde