Farmácia Maxifarma

Conheça os benefícios em consumir chocolate

Ele combate a pressão alta, protege o coração e até ajuda a emagrecer! Conheça esses e outros benefícios do cacau e do chocolate.

09 de julho de 2019 - Maxifarma

Você sabia que 35% dos brasileiros afirmam que não trocariam o chocolate por nenhum outro alimento? Se você faz parte desse grupo, certamente vai gostar de saber que esse doce irresistível tem uma data só para ele: trata-se do Dia Mundial do Chocolate, comemorado sempre no dia 7 de julho.

Afinal, além de ser uma delícia, essa guloseima ainda faz bem para a saúde, principalmente a versão amarga e meio amarga, que têm um teor mais elevado de cacau – o grande responsável pelos benefícios do chocolate.

Portanto, se você ainda precisava de mais algum motivo para comer essa delícia, veja o que ela pode fazer pelo seu organismo:

1. Ajuda você a se manter ativo

Um dos benefícios do cacau é que ele deixa você mais alerta e focado nas suas atividades. Esse efeito se deve à cafeína e à teobromina, substâncias estimulantes que também estão presentes no café, no chá preto e no guaraná.

Além disso, por ser um alimento de alto valor energético, o chocolate dá aquele gás na hora de praticar exercícios físicos, especialmente os aeróbicos.

2. Melhora a circulação e a pressão arterial

O chocolate contém óxido nítrico, uma molécula que relaxa as paredes dos vasos sanguíneos e aumenta seu calibre, o que favorece a circulação e ajuda a reduzir a pressão arterial.

Outro fator que contribui para esse efeito é que o cacau contém catequinas e procianidinas, compostos com poder antioxidante que diminuem a ação de uma enzima responsável pelo aumento da pressão.

3. Protege o coração e os vasos sanguíneos

A redução dos níveis da pressão arterial já é um fator positivo para a saúde do coração e dos vasos sanguíneos, mas os benefícios do chocolate são ainda mais completos, pois ele ajuda a equilibrar as taxas de colesterol devido à presença dos flavonoides.

benefícios do chocolate

Além disso, alguns compostos do cacau evitam o processo de oxidação do colesterol dentro das artérias, prevenindo a formação de placas de gordura que entopem os vasos. Dessa forma, o chocolate amargo e meio amargo contribui para reduzir o risco de problemas cardiovasculares, incluindo aterosclerose, derrame e infarto.

4. Previne a pressão alta na gravidez

Uma das complicações na segunda metade da gestação é a pré-eclâmpsia, uma condição que eleva a pressão arterial durante a gravidez e, se não for tratada, pode ameaçar a vida da mãe e do bebê. A boa notícia é que o consumo de chocolate amargo pode ajudar a reduzir o risco dessa complicação. 

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, as gestantes que consumiram a versão com alto teor de cacau pelo menos cinco vezes por cima apresentaram 40% menos chances de desenvolver pré-eclâmpsia quando comparadas com aquelas que comeram chocolate apenas uma vez por semana ou menos.

5. Preserva a beleza e a juventude

Um dos benefícios do chocolate para a pele e os cabelos é o seu poder hidratante, ajudando a reter as moléculas de água nos tecidos. Por isso, esse alimento é utilizado como ingrediente em diversos cosméticos e tratamentos de beleza.

Além disso, os compostos antioxidantes do cacau previnem o envelhecimento, pois eles combatem os prejuízos causados pelos radicais livres – moléculas que atacam o material genético das células e favorecem o surgimento das linhas de expressão e da flacidez.

Outro efeito positivo do chocolate amargo é que os flavonoides ajudam a proteger a pele contra as queimaduras solares. Segundo uma pesquisa com 30 participantes realizada na London University of the Arts, o consumo diário de 20 gramas desse alimento por 12 semanas fez com que o índice de proteção da pele contra os raios ultravioletas dobrasse.

6. Ajuda a combater a depressão e a ansiedade

Se você já atacou uma caixa de chocolates porque estava triste, saiba que isso tem explicação científica, pois esse alimento realmente pode contribuir para a saúde mental. 

dia mundial do chocolate

Uma das formas como isso acontece é pela liberação de endorfinas, substâncias que ativam a sensação de bem-estar. Além disso, o chocolate contém triptofano, um aminoácido precursor da serotonina – substância que age no cérebro e promove o relaxamento.

Os benefícios do cacau ainda incluem a redução dos níveis do hormônio do estresse, chamado de cortisol. Assim, o consumo de chocolate amargo favorece a saúde mental ao combater os sintomas da depressão e da ansiedade.

7. Pode favorecer a perda de peso

O chocolate é um alimento com alto valor calórico, mas, se consumido com moderação, ele pode contribuir para o emagrecimento. Uma das explicações para isso é a presença das substâncias estimulantes, que favorecem a queima de gordura ao acelerar o metabolismo.

A perda de peso também é favorecida pelo ácido fenólico: essa substância presente no cacau é capaz de ativar a produção de leptina, um hormônio que “avisa” ao cérebro que os estoques de gordura do corpo estão cheios e, assim, prolonga a sensação de saciedade.

Além disso, o fato de favorecer a saúde mental também contribui para o emagrecimento, evitando a compulsão alimentar.

Para que isso seja possível, porém, é preciso se atentar às quantidades: um consumo moderado significa ingerir no máximo 30 gramas (dois quadradinhos) por dia, o equivalente a cerca de 150 calorias para as versões amarga e meio amarga.

Agora que você conhece todos esses benefícios do chocolate, você tem ainda mais motivos para comemorar o dia mundial em homenagem a esse alimento. Aproveite as vantagens do cacau para a sua saúde!

Fonte(s): SebraeDrauzio VarellaSuper InteressanteNational Center for Biotechnology InformationTerraMinha Vida e UOL