Farmácia Maxifarma

10 alimentos que melhoram a imunidade

Você está sempre perdendo dias de trabalho por causa de uma gripe? Suas unhas estão fracas? Conheça os alimentos que melhoram a imunidade e ajude seu organi

05 de setembro de 2018 - Maxifarma

Você vive gripado, suas unhas estão fracas e seu cabelo está caindo? Esses podem ser sinais de que sua dieta está desequilibrada, o que prejudica as defesas do corpo. Por isso, é importante conhecer os alimentos que melhoram a imunidade e aumentar o consumo deles no dia a dia.

A imunidade é a habilidade que nosso organismo tem de se defender de agentes invasores que causam doenças, como vírus, bactérias e fungos. Para que isso seja possível, nosso sistema imunológico, que é composto por milhões de células de diversos tipos, precisa estar em perfeito funcionamento e apto a produzir anticorpos.

Contudo, quando há uma falha em algum dos processos do sistema imunológico ou quando ele não recebe toda a “matéria-prima” necessária, esses anticorpos serão produzidos em menor quantidade ou serão menos eficientes.

Em consequência, nosso corpo começa a dar sinais de que a imunidade está baixa, incluindo gripes, resfriados e infecções de garganta frequentes, queda de cabelo, unhas fracas, micose, candidíase, herpes e outros problemas de saúde.

Alimentos que melhoram a imunidade

Uma das principais medidas para evitar a queda da imunidade é ter uma alimentação equilibrada, rica em frutas, verduras, legumes, cereais e grãos integrais e proteínas magras, de forma a fornecer todas as vitaminas, minerais e demais nutrientes necessários para o bom funcionamento das nossas defesas.

Porém, existem alguns alimentos que se destacam quando o assunto é fortalecer o sistema imunológico. Saiba quais são:

1. Frutas cítricas

As frutas cítricas são ricas em vitamina C, um poderoso antioxidante que combate os efeitos dos radicais livres, reforça a produção das células de defesa e previne a anemia ao aumentar a absorção do ferro.

Os representantes mais famosos desse grupo são a laranja, o limão e a tangerina, mas ele também inclui frutas como acerola, abacaxi, kiwi, morango e maracujá.

2. Vegetais com folhas verde-escuras

Vegetais como agrião, brócolis, couve-manteiga, espinafre e rúcula são conhecidos por apresentar um altíssimo valor nutricional. Um dos componentes de destaque é a clorofila, que tem efeito antioxidante.

Esses alimentos também são excelentes fontes de vitamina C e de minerais como cobre, selênio, fósforo e zinco, fundamentais para o bom funcionamento das nossas defesas.

3. Frutas e vegetais amarelos e alaranjados

A coloração amarela ou alaranjada de alimentos como acerola, abóbora, batata-doce, cenoura, nectarina e manga é conferida por um pigmento chamado betacaroteno.

Além de ter propriedades antioxidantes, essa substância é precursora da vitamina A, necessária para o combate aos microrganismos invasores.

4. Alho

Você já ouviu falar que o chá de alho faz bem para a saúde? Pois bem, você não precisa necessariamente consumir essa bebida, mas utilizar o alho para temperar seus pratos é uma excelente ideia.

O motivo para isso é que, além de conter selênio e zinco, o alho tem substâncias como a alicina e o ajueno, que ajudam o organismo a combater as bactérias. Para aproveitar esse efeito, porém, é preciso consumi-lo cru.

5. Cebola

A cebola é boa para a imunidade porque contém quercetina, um flavonoide que auxilia no combate às infecções por vírus, como gripes e resfriados, tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes e previne o desenvolvimento de tumores e doenças cardiovasculares.

Além disso, assim como seu companheiro alho, a cebola é um prebiótico, ou seja, ela favorece as bactérias boas que habitam o intestino, regulando sua função e prevenindo diversos problemas, inclusive a obesidade.

6. Gengibre

Essa raiz tem ação bactericida, o que auxilia no combate às infecções causadas por bactérias, e ainda oferece boas quantidades de vitamina C e B6, importantes para o fortalecimento das defesas do organismo.

7. Iogurte natural, leite fermentado e kefir

Esses alimentos são fontes de probióticos, as bactérias que são benéficas para a saúde do intestino ao facilitar a digestão e impedir a multiplicação de microrganismos causadores de doenças.

Além disso, o consumo desses alimentos está associado a uma melhora da imunidade, a um aumento na qualidade do sono e à prevenção da obesidade e de alguns tipos de câncer.

8. Shitake

Esse cogumelo é rico em lentinano, uma substância que estimula a produção das células de defesa como o macrófago e o linfócito, que destroem os agentes invasores. Inclusive, há estudos que associam o consumo do shitake ao reforço do sistema imunológico de pessoas com HIV e câncer.

9. Oleaginosas e óleos vegetais

Oleaginosas como amêndoas, nozes e castanhas e óleos vegetais como o de girassol, milho, canola e azeite de oliva contêm vitamina E, que combate o declínio da imunidade associado ao envelhecimento.

A castanha-do-pará ainda se destaca por ser rica em selênio, um mineral que tem propriedades antioxidantes e fortalece as defesas do organismo.

10.Canja de galinha

Pode parecer dica da vovó, mas a canja de galinha realmente faz bem à saúde. Com a fervura, os ossos de frango liberam colágeno, que reforça o sistema imunológico, e outras substâncias com poder anti-inflamatório, como o aminoácido cisteína.

A canja ainda contribui para a hidratação do organismo, um fator fundamental tanto para a prevenção de doenças quanto para o combate daquelas já instaladas.

Além de aumentar o consumo dos alimentos que melhoram a imunidade, o reforço das defesas depende hábitos como beber muita água, praticar atividades físicas, ficar longe do álcool e do cigarro e ter um sono de qualidade. Por fim, não se esqueça de reservar um tempo para se divertir com a família e os amigos, pois isso também é muito bom para a saúde!

Fonte(s): Veja, Globo Esporte, Ativo Saúde, Saúde e Bem Estar