Farmácia Maxifarma

A água do mar pode danificar o cabelo? 10 mitos e verdades

Suas madeixas parecem ressecadas e sem vida depois da temporada de praia? Descubra se é verdade que a água do mar pode danificar o cabelo.

14 de março de 2018 - Maxifarma

Sol, praia, calor! Quem gosta dos dias de temperatura elevada aproveita cada momento do verão! Porém, quando a estação vai chegando ao fim, muitas pessoas sentem que suas madeixas estão diferentes... Será que isso acontece porque a água do mar pode danificar o cabelo mesmo?

Ao voltar da praia, muitas mulheres notam que os fios sofreram algumas mudanças e não entendem exatamente o que aconteceu. Embora a maioria sinta que vai precisar de um tratamento poderoso para recuperar os fios, outras acham que seus cabelos até parecem mais bonitos. Como isso é possível?

Para esclarecer essas dúvidas e ficar despreocupada para aproveitar todo o clima de férias, conheça alguns mitos e verdades dos efeitos da água do mar sobre os cabelos:

1. O cabelo fica mais ressecado em contato com a água salgada

Verdade. A água do mar é salgada devido à sua alta concentração de cloreto de sódio (sal de cozinha), substância que provoca a abertura das cutículas capilares e deixa os fios mais porosos.

Em consequência, o cabelo fica mais propenso a perder umidade, o que significa que o contato com a água salgada faz com que ele fique mais seco, áspero e sem brilho.

2. A água do mar pode ser boa para cabelos oleosos

Verdade. A água do mar pode danificar o cabelo como vimos no item anterior, mas ela também pode ser benéfica para os cabelos oleosos. A explicação para isso é que o sal ajuda a equilibrar o excesso de óleo, além de reduzir a descamação do couro cabeludo e de deixar os fios mais texturizados.

Contudo, esse efeito é limitado: exagerar no contato das madeixas com a água do mar vai acabar prejudicando a hidratação dos fios.

3. Tanto faz entrar no mar com o cabelo preso ou solto

Mito. O melhor é usar o cabelo preso, pois assim você diminui a área de contato entre o mar e seus fios, protegendo-os da ação da água salgada pelo menos em alguns pontos e reduzindo os efeitos prejudiciais.

4. É necessário enxaguar o cabelo com água doce depois de um mergulho no mar

Verdade. Como você já sabe que a ação da água do mar pode ser bem agressiva para os fios, lembre-se sempre de tomar uma ducha de água doce para retirar o excesso de sal de seus fios, protegendo-os de um ressecamento drástico.

5. Usar secador e chapinha na praia ajuda a manter o brilho dos fios

Mito. O uso de secador e chapinha só agrava os danos aos seus fios, que já estarão sofrendo com a ação da água do mar, dos raios solares e do contato com a areia. Portanto, deixe as madeixas secarem naturalmente e evite aplicar ainda mais calor sobre elas.

6. A água do mar prejudica a escova progressiva e definitiva

Verdade. O cloreto de sódio é um agente de limpeza e induz os fios a expelir tudo o que estiver sobre eles. Com isso, a água do mar promove a eliminação dos produtos usados nas escovas progressiva e definitiva, reduzindo seus efeitos.

7. Cabelos tingidos sofrem ainda mais com a água do mar

Verdade. Além de favorecer a perda da umidade e causar ressecamento, a abertura das cutículas capilares em função do contato com água do mar faz com que a tinta vá embora de maneira mais rápida.

Por isso, é importante que as pessoas que têm o cabelo tingido tomem cuidados especiais ao ir à praia. Usar protetores e shampoos específicos para esse tipo de química e fazer hidratações frequentes são cuidados essenciais para que a coloração tenha um efeito mais duradouro.

8. É importante proteger o cabelo do efeito do sol também

Verdade. A exposição dos fios ao sol agrava a perda de umidade e o ressecamento causados pela água do mar, por isso é fundamental aplicar um protetor solar específico para os cabelos.

Existe uma grande variedade desses produtos, incluindo protetores indicados para cabelos secos e oleosos, que ainda ajudam a combater o ressecamento e o excesso de oleosidade.

9. É possível substituir o protetor solar pelo condicionador

Mito. Você não deve trocar o protetor solar pelo condicionador de forma alguma! O condicionador não tem as mesmas propriedades do filtro, por isso ele não fará o mesmo efeito e pode até prejudicar os seus fios, já que ele é feito para permanecer apenas alguns minutos agindo sobre eles.

10. É preciso reaplicar os produtos de proteção depois de um mergulho

Verdade. Assim como o protetor solar utilizado na pele, os produtos para o cabelo devem ser reaplicados de tempos em tempos durante sua visita à praia, principalmente após a sua entrada no mar. Lembre-se de enxaguar os fios com água doce após o mergulho e aplique o protetor solar novamente.

O que fazer se seus cabelos já estiverem danificados

Você já sabe que, para o próximo verão, é preciso preparar um kit com produtos para proteger suas madeixas do sol e da água do mar. Porém, se seus cabelos já estão com um aspecto ressecado, armado e sem vida depois de uma temporada na praia, saiba que existe salvação!

A água do mar pode danificar o cabelo sim, mas você pode recuperá-lo ao fazer hidratações semanais ou quinzenais ou até mesmo um cronograma capilar caseiro ou profissional nos casos mais graves. Na dúvida, sempre consulte seu cabeleireiro de confiança.

Fonte(s): Beleza e Saúde, Oh Lollas e Guiame.com.br